Categoria: O Carisma
Publicado em 21 Maio 2017
Acessos: 320

       A Comunidade Católica de Vida e Aliança Novo Ardor é chamada, e mais do que isso, é impulsionada a lutar pela restauração da face de Deus em cada ser humano. O Espírito Santo dá a algumas pessoas um carisma especial de cura[ Cf. I Cor 12,9.28.30.] para manifestar a força da Graça do Ressuscitado. Isso não é condição imperativa para se ter o Carisma Novo Ardor[ Pois o Carisma Novo Ardor não se resume em “cura”, mas tem sua força especial na ação expressa pela palavra restauração. O dom de cura aqui referido é o dom especial dado pelo Espírito Santo a quem lhe aprouver e, não exclusivamente a quem possui o Carisma Novo Ardor.]. Os membros da Comunidade têm a força de seu ministério na oração, porém, mesmo as orações mais intensas não conseguem obter a cura de todas as doenças. E, assim como São Paulo, a Comunidade teve de aprender do Senhor que lhe bastava a Sua Graça, pois é na fraqueza que a força d’Ele manifesta todo o Seu poder[ Cf. II Cor 12,9.], e que os sofrimentos que temos de suportar podem ter como sentido completar na própria carne o que falta às tribulações de Cristo por seu corpo, que é a Igreja[ Cf. Cl 1,24.]. Por ser o Espírito Santo a unção de Cristo, é Cristo, a Cabeça do Corpo, que o difunde em seus membros, para alimentá-los, curá-los, organizá-los em suas funções mútuas, vivificá-los, enviá-los a testemunhar, associá-los à sua oferta ao Pai e à sua intercessão pelo mundo inteiro. É através dos sacramentos da Igreja que Cristo comunica aos membros de seu Corpo o seu Espírito Santo e Santificador[ Cf. CIC 1508.739.]. “É por Ele (Cristo) que todo o corpo – coordenado e unido por conexões que estão ao seu dispor, trabalhando cada um conforme a atividade que lhe é própria – efetua esse crescimento, visando a sua plena edificação na caridade”[ Ef 4,16.].
        É característica intrínseca daquele que possui o Carisma Novo Ardor ter uma abertura e atenção especial aos sofrimentos do outro, colocando-se como instrumento do Senhor para que Ele possa operar a cura e a libertação segundo Sua Santa Vontade e, assim, operar a restauração da imagem de Deus no homem, deformada pelo pecado. O Carisma atualiza a vida de Cristo na vida daqueles que com ele foram marcados, fazendo-os ter em si aquele maior amor que é capaz de dar a vida por seus amados[ Cf. Jo 15,14.], amor que em tudo supera suas capacidades e merecimentos particulares. Assim, a cura, a libertação e a restauração daqueles que são alcançados pela ação do Carisma Novo Ardor acontecem mediante a oblação dos servos, que se oferecem voluntariamente como sacrifícios vivos, pela misericórdia do Senhor[ Cf. Rm 12,1.], que de todos sempre se compadece.